Artigos

Auxílio-inclusão: como solicitar novo benefício?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O auxílio-inclusão é um novo benefício assistencial destinado para pessoa com deficiência de baixa-renda do INSS.

Como o seu próprio nome já diz, o novo benefício assistencial visa aumentar a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

O benefício será pago ao trabalhador com deficiência que estiver com a carteira assinada ou caso seja servidor público.

A nova lei que estabelece o auxílio-inclusão começou a valer em outubro desse ano, e já poderá ser solicitado no portal do Meu INSS.

Me acompanhe até o fim desse artigo para saber o passo a passo completo de como solicitar o novo auxílio-inclusão!

Quem tem direito ao auxílio-inclusão?

Apesar de ser muito parecido com o Benefício de Prestação Continuada-BPC, o auxílio-inclusão é um benefício diferente.

Sendo um auxílio destinado para quem recebe ou recebia o BPC, mas precisa trabalhar formalmente.

De início, para receber o auxílio-inclusão, é preciso se encaixar nesses seguintes requisitos básicos:

  • Estar recebendo ou ter recebido nos últimos 5 anos o BPC por deficiência moderada ou grave;
  • Ser empregado CLT (carteira assinada) ou servidor público.

Conseguiu atender esses primeiros requisitos? Ótimo! Agora veja as demais regras para ter direito ao auxílio-inclusão:

  • Receber remuneração de até 2 salários-mínimos (R$2.200,00);
  • Ter inscrição atualizada no CadÚnico;
  • Atender também aos critérios de renda familiar para recebimento do BPC.

A última regra pode parecer confusa, mas fique tranquilo! Vou te explicar melhor.

Lembra que para receber BPC é necessário cumprir requisitos não só na hora de fazer o pedido, como também durante todo o seu recebimento?

Pois bem, quem receber o auxílio-inclusão continuará seguindo os mesmos requisitos, como o critério de miserabilidade familiar, utilizando a renda mensal mínima, que não pode ultrapassar 1/4 do salário-mínimo por pessoa.

Valor do auxílio-inclusão

Segundo a nova lei, o valor do auxílio-inclusão corresponderia à 50% do valor do BPC.

Os beneficiários do BPC-LOAS recebem o valor de 1 salário-mínimo (R$1.100, reais). Portanto, o auxílio-inclusão será de R$ 550,00 reais.

Vale dizer também que, ao solicitar o novo benefício assistencial, haverá uma suspensão automática do BPC.

Isso porque, ao começar a trabalhar, o auxílio-inclusão visa “substituir” o BPC da pessoa com deficiência.

Mas a boa notícia é que, caso você pare de trabalhar, poderá reativar o BPC.

Só não será permitido mesmo receber os dois benefícios ao mesmo tempo.

Assim como também não será permitido receber o auxílio-inclusão em conjunto com nenhum outro do INSS: aposentadorias, pensões, auxílios, seguro-desemprego, entre outros.

Como pedir o auxílio inclusão no Meu INSS?

Para solicitar o auxílio-inclusão, antes de tudo, é necessário ter o CPF e uma senha cadastrado no Meu INSS. Caso não tenha ainda, tenho um artigo perfeito para você:

  • Leia: Saiba como fazer o cadastro no Meu INSS

O primeiro passo é acessar no site meu.inss.gov.br pelo computador ou pelo o aplicativo no seu celular Android ou iOS.

  • Depois de realizar o seu login (CPF e senha), clique na opção  “Agendamento/ Solicitações”.
  • Clique em “Novo Requerimento” e digite “Auxílio-inclusão” na barra de pesquisa e selecione a opção.
  • Você será direcionado a outra tela para atualizar os seus dados, clique em “Atualizar” e confira ou altere os seus dados pessoais. Feito isso, clique em Avançar.
  • Agora é a parte em que você irá adicionar algumas informações importantes.
  • Caso você seja servidor público, deverá, ainda, anexar, em formato .pdf, uma declaração de vínculo ao Regime Próprio da Previdência, sendo um documento que comprova os recolhimentos previdenciários dos servidores públicos efetivos para o RPPS.
  • Por fim, é só clicar “Avançar” e finalizar a solicitação do seu auxílio-inclusão no INSS.

Quando o auxílio-inclusão poderá ser cessado?

Basicamente, em duas situações você poderá ter o auxílio-inclusão cessado. Quando:

  • deixar de atender os requisitos de manutenção do BPC-LOAS;
  • deixar de atender os requisitos do próprio auxílio-inclusão.

Pronto, agora você já se sabe como solicitar o novo benefício assistencial para pessoa com deficiência, o auxílio-inclusão, no portal do Meu INSS.

Este é um importante amparo para a pessoa com deficiência que precisa trabalhar para complementar sua renda, mas tem medo de perder o BPC.

Achou interessantes essas informações? Compartilhe com algum conhecido que precisa saber disso!

▶️ Acompanhe nossas redes sociais: Facebook | Instagram | TikTok

Artigos relacionados

WhatsApp chat