Artigos

Como pedir a sua aposentadoria especial no Meu INSS?

Como pedir a sua aposentadoria especial no Meu INSS?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode pedir a sua aposentadoria especial no Meu INSS, é fácil, mas é preciso ter bastante atenção.

O que é o Meu INSS?

O sistema Meu INSS foi criado para facilitar a sua vida e dos outros trabalhadores que contribuem com a Previdência Social.

Os trabalhadores são conhecidos como segurados, porque a Previdência é um seguro social, por isso, eles têm diversos benefícios, como aposentadorias, auxílios e pensões.

Nesse sistema, você pode fazer os pedidos de benefícios e, também, acompanhar o andamento e ver o resultado da solicitação.

Quem tem direito à aposentadoria especial?

A aposentadoria especial é para os trabalhadores que exercem suas atividades em contato com agentes nocivos.

Em razão da exposição a esses materiais pesados, você pode ter prejuízos à sua saúde e integridade física.

Por esse motivo, é concedida a aposentadoria especial, com o intuito de preservar a sua saúde, por isso, você se aposenta mais cedo.

Acesse aqui e saiba como conseguir a aposentadoria especial.

Quais documentos são necessários para pedir a aposentadoria especial?

São diversos documentos, então, para facilitar para você, comece a reunir tudo com antecedência.

Os documentos básicos são:

  • RG e CPF;
  • comprovante endereço atualizado, pode ser contas de água, luz, telefone e outras;
  • certidão de nascimento ou casamento;
  • todas as carteiras de trabalho que você tiver;
  • carnês de contribuição (para os contribuintes autônomos);
  • extrato previdenciário (CNIS) – emitido no Meu INSS;
  • PIS/PASEP e NIT (Número de Identificação do Trabalhador);
  • Certidão de Reservista (apenas para os homens);
  • Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP);
  • Formulários SB-40 e DSS-8030 – em geral, são documentos emitidos até 1997, antes de existir o PPP;
  • Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho (LTCAT) – emitidos pela empresa em que trabalha ou, se você for autônomo, por médico do trabalho e/ou engenheiro em segurança do trabalho;
  • Outros documentos que provam o trabalho em serviço especial;
  • Requerimento escrito por você – esse documento não é obrigatório, mas serve para explicar a sua trajetória profissional e demais informações que você achar necessário; isso pode ajudar bastante na análise do pedido.

Atenção! Se você tiver outros documentos que podem te ajudar, não deixe de levar!

Como pedir a aposentadoria especial pelo Meu INSS?

Atualmente, são raros os casos em que o INSS pede para os trabalhadores irem à agência para solicitar a aposentadoria especial.

Hoje, os pedidos são feitos pela internet, no sistema Meu INSS.

Porém, para essa aposentadoria são necessários muitos documentos, então, você precisa ter bastante atenção ao fazer esse pedido.

Já expliquei aqui como fazer o pedido de outras aposentadorias no sistema, porém, a aposentadoria especial tem muitos detalhes, por isso, criei esse novo artigo para você.

Vou lhe explicar agora o passo a passo para você pedir a aposentadoria especial no Meu INSS:

  1. Primeiro, acesse o portal meu.inss.gov.br;
    1. Se você já tem usuário e senha no portal gov.br, serão usadas essas mesmas informações para você acessar o Meu INSS.
    2. Se você ainda não tem o cadastro, recomendo que clique neste link para saber como se cadastrar.
  2. Clique em ENTRAR;
  3. Digite o seu CPF > clique em PRÓXIMA > digite a senha cadastrada no portal gov.br (conforme link no tópico anterior) > depois, clique em ENTRAR;
Pronto, você já está no portal Meu INSS.
  1. Clique em Pedir Aposentadoria;

Você verá que não tem a opção Aposentadoria Especial, porque ela está dentro da aposentadoria por tempo de contribuição.

  1. Então, clique na opção Aposentadoria por Tempo de Contribuição / Idade Urbana;
  2. Nesse momento, talvez o sistema peça a atualização dos seus dados pessoais, atualize corretamente, pois se o INSS precisar entrar em contato, utilizará essas informações > depois, clique em AVANÇAR;
  3. Clique em Aposentadoria por Tempo de Contribuição e clique em SELECIONAR;
  4. Agora, terão as seguintes perguntas:
  • Você possui tempo especial? (nesse caso, responda SIM)
  • Você possui tempo rural?
  • Possui tempo trabalhado em outro país (exterior)?
  • Você já trabalhou como professor?
  • Você já trabalhou como militar e/ou funcionário/servidor público da União, Estado ou Município?
  • Caso não possua o tempo de contribuição integral, você concorda com a aposentadoria proporcional? (dependendo da sua situação, pode aparecer essa pergunta)

Aqui, a principal pergunta é sobre o tempo especial, responda SIM para não gerar problemas no pedido.

As demais perguntas, responda de acordo com o seu histórico de trabalho.

  1. Nesse passo, aparecerá a seguinte pergunta:

Na maioria dos casos, é interessante clicar em SIM, porque se você ainda não tiver os requisitos para se aposentar no meio desse pedido administrativo, mesmo assim você terá direito à aposentadoria especial.

Enviando os documentos
  1. Agora, é o momento de anexar os seus documentos e informar alguns dados.

Primeiro, informe novamente seus dados pessoais e de contato, depois, role a página e você verá o local para enviar os documentos.

Nos locais indicados, anexe todos os documentos que você tiver, porém, se não possuir algum documento, por exemplo, comprovante do exercício de atividade no serviço militar, não se preocupe, até porque você só terá esse documento se exerceu serviço militar.

Aqui, você deve inserir todos os documentos que comprovam o seu trabalho em serviço especial.

Esse é um dos passos mais importantes, pois é com base nesses documentos que o funcionário do INSS vai analisar se você tem direito à aposentadoria especial.

  1. Nesse passo, você deve inserir o seu CEP, para o sistema buscar a agência do INSS mais próxima, pois, se for necessário, você deve ir a essa agência para comprovar alguma informação > clique em AVANÇAR;
  2. Agora, escolha o banco que você quer receber a sua aposentadoria, dê preferência para aquele que seja mais próximo de você;
  3. Chegando ao fim, você verá um resumo de todas as informações do seu pedido de aposentadoria, revise com bastante cuidado e, se estiver tudo certo, clique na caixa branca para confirmar que as informações são verdadeiras, depois clique em AVANÇAR.

Pronto! Seu pedido de aposentadoria foi feito. Então, é só aguardar a análise do INSS.

Por fim, para acompanhar o pedido, você pode acessar o portal Meu INSS e clicar em Agendamentos / Solicitações.

Atenção! Infelizmente, mesmo com toda essa facilidade, o INSS tem negado os benefícios aos trabalhadores.

Por esse motivo, se o INSS negou o benefício, procure um advogado especialista em INSS para lhe ajudar a conseguir a sua aposentadoria.

Artigos relacionados

WhatsApp chat