Artigos

Como remarcar a perícia médica do INSS

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

As filas no INSS sempre foram enormes, porém, nesse momento da pandemia do novo coronavírus, ficou ainda pior; afinal, como fazer para remarcar a perícia médica?

Após serem fechadas em março, as agências do INSS voltaram ao atendimento presencial em setembro. No entanto, boa parte dos médicos-peritos não retornaram.

As perícias médicas estão sendo retomadas no início de outubro, mas só estão sendo atendidos os segurados com agendamento feito pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Depois de vários problemas e dificuldades enfrentadas pelos usuários na reabertura das agências, o INSS abriu também a possibilidade de remarcação de perícia médica agendada e não realizada.

As perícias são necessárias para que os trabalhadores recebam auxílios, aposentadoria por invalidez e o BPC LOAS, além de ganharem alta para retornar ao trabalho.

Hoje, existem cerca de 1,5 milhão de processos na fila do INSS. Desse total, 794 mil aguardavam a perícia médica em agosto, segundo dados do próprio INSS.

Como remarcar a perícia médica no INSS?

O agendamento pode ser feito pelo Meu INSS, por aplicativo ou pelo telefone 135. Você pode verificar as agências abertas e que já estão fazendo perícias pelo site covid.inss.gov.br.

Para remarcar pelo telefone 135, basta selecionar a opção “Falar com o atendente” e informar o reagendamento de perícia que deseja fazer.

Remarcar perícia pelo site Meu INSS

Pelo site Meu INSS, siga esse passo a passo:

  1. acesse o site meu.inss.gov.br
  2. Se tiver senha, clique em Entrar; se ainda não tiver senha, clique aqui e saiba como se cadastrar
  3. na caixa de busca, digite perícia e clique em Agendar Perícia
  1. clique em Remarcar Perícia
  1. Você será direcionado para uma página fora do Meu INSS (link direto) e deve preencher informações como número do PIS, CPF, número do benefício e do requerimento

Atenção! Você consegue acessar esses dados na tela inicial do Meu INSS, depois clicando em Agendamentos/Solicitações.

  1. Siga os passos seguintes e faça o novo agendamento

Acompanhe a remarcação em Agendamentos/Solicitações e fique atento para comparecer na data marcada para a perícia.

Pelo site covid.inss.gov.br, você pode verificar se a agência realmente está aberta e fazendo perícias.

Remarcar perícia pelo aplicativo Meu INSS

O aplicativo Meu INSS está disponível Android (clique aqui e acesse a Google Play) ou iOS (acesse aqui a App Store).

Pelo aplicativo Meu INSS, siga esse passo a passo:

Documentos necessários

Na perícia médica, é feita uma avaliação para comprovar a sua incapacidade para o trabalho, seja ela temporária ou permanente, em razão de uma doença ou acidente, que dá direito a auxílio-doença, auxílio-acidente ou aposentadoria por invalidez.

Por isso, no dia da perícia, você deve levar documentos e exames médicos atualizados que comprovem a incapacidade laborativa, como:

  • documentos pessoais (RG, CPF, CNH e carteira de trabalho, etc)
  • atestado médico informando sobre a doença incapacitante, receitas, laudos e exames
  • atestado de saúde ocupacional emitido pelo médico do trabalho (se tiver)
  • documento emitido pela empresa que confirme o último dia trabalhado

Se o trabalhador estiver impossibilitado de locomover, um representante legal deve comparecer na agência do INSS, na data e hora marcada, com a documentação que comprove a necessidade de realização da perícia domiciliar ou hospitalar.

Antecipação de auxílio-doença até 31 de outubro

O governo prorrogou a antecipação do auxílio-doença, mesmo com a volta da perícia nas agências. O prazo de solicitação vai até 31/10/2020 e o limite máximo de afastamento é até 31/12/2020.

O valor é de 1 salário-mínimo e não precisa de perícia. Mas você deve enviar um atestado médico pelo site ou aplicativo Meu INSS – clique aqui e saiba como fazer esse pedido.

▶️ Acompanhe nossas redes sociais: Facebook | Instagram | TikTok

Artigos relacionados

WhatsApp chat