Artigos

Coronavírus: como vai funcionar o auxílio emergencial?

Coronavírus: como receber o auxílio emergencial do governo?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

A pandemia causada pelo novo coronavírus, o COVID-19, tem trazido muitos impactos na saúde e na economia dos países.

Aqui no Brasil, o governo aprovou algumas medidas para ajudar a população a enfrentar esse momento difícil.

Uma das ações previstas no pacote anticrise é o auxílio emergencial para as pessoas, que é um benefício de R$ 600,00 a R$ 1.200,00, durante 3 meses.

Esse auxílio emergencial em razão do novo coronavírus tem sido chamado de coronavoucher.

Quem tem direito ao auxílio emergencial do governo?

O auxílio emergencial é para:

  • maiores de 18 anos;
  • trabalhadores sem carteira assinada;
  • autônomos;
  • contribuintes individuais; e
  • MEIs (microempreendedores individuais).

Ainda, há algumas regras quanto aos limites de renda:

  • família com renda mensal total inferior a R$ 3.135,00 por mês;
  • a renda por pessoa da família precisa ser menor que meio salário (R$ 522,50);
  • quem teve rendas tributáveis abaixo de R$ 28.599,70 em todo o ano de 2018.

As seguintes pessoas não terão direito ao auxílio emergencial:

  • funcionários públicos, mesmo aqueles com contratos temporários;
  • quem já recebe algum tipo de benefício da previdência como BPC, seguro desemprego, aposentadoria ou pensão.

Observação: quem recebe Bolsa Família precisa optar pela Bolsa ou pelo auxílio emergencial.

Por quanto tempo você vai receber?

Se você tiver direito ao benefício, receberá 3 parcelas.

A lei diz que existe a possibilidade de prorrogação do benefício, caso se mantenha essa calamidade por conta do novo coronavírus.

Cada família pode acumular, no máximo, dois benefícios, ou seja, R$ 1.200,00.

A mulher que sustentar o lar, sozinha, terá direito a R$ 1.200,00.

Como receber o auxílio emergencial do governo?

Em 7/4/2020, foi lançado o aplicativo que se chama Caixa Auxílio Emergencial, em que você pode fazer o seu cadastro e receber o auxílio.

Esse app está disponível para os sistemas Android (clique aqui para baixar) ou iOS (clique aqui para baixar)

Ainda, o governo informou que o aplicativo pode ser baixado mesmo se você não tiver crédito no momento.

Além do aplicativo, você também pode pedir o auxílio e tirar dúvidas sobre o assunto no site auxilio.caixa.gov.br.

Os pagamentos serão realizados conforme o seguinte calendário:

Então, conforme a tabela acima, aqueles que tiverem direito ao benefício, receberão da seguinte forma:

  • a partir de 9/4/2020 (para quem tem conta na Caixa ou Banco do Brasil);
  • a partir de 14/4/2020, para aqueles que têm conta em outros bancos (a transferência será gratuita);
  • quem não tiver conta em nenhum banco, será aberta uma conta digital da Caixa em que será possível fazer pagamentos e transferências, mas, por enquanto, não há possibilidade de saques.

Estamos atento às mudanças e a tudo que envolve o auxílio emergencial em razão do novo coronavírus. Vamos te manter informado aqui e nas nossas redes sociais. Acompanhe!

▶️ Acompanhe nossas redes sociais: Facebook | Instagram | TikTok

Artigos relacionados

WhatsApp chat