Artigos

Auxílio-doença ou aposentadoria para quem sofre com doenças psiquiátricas

Quem sofre com doenças psiquiátricas pode ter benefícios do INSS?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

A ansiedade em excesso pode se tornar um problema, pois é capaz de causar grandes impactos na sua vida.

Você pode querer se limitar a executar apenas algumas atividades, se isolar das demais pessoas, além de ter os batimentos do coração acelerados, a boca seca e suor nas mãos.

Por isso, quando essa ansiedade se torna uma doença, ela é chamada de transtorno de ansiedade generalizada.

Porém, é preciso entender que existem outras doenças psiquiátricas que podem dar direito aos benefícios do INSS.

Assim, as doenças psiquiátricas que mais atingem os trabalhadores segurados do INSS são:

  • Depressão
  • Transtorno bipolar
  • Síndrome do pânico
  • Síndrome de burnout
  • Transtorno obsessivo compulsivo
  • Transtorno de ansiedade generalizada – TAG
  • Transtornos psicóticos (por exemplo: esquizofrenia e transtorno delirante)

Além do transtorno psiquiátrico, existem outros efeitos que a ansiedade pode causar, como irritabilidade e dificuldade para dormir.

Afinal, pessoas com doenças psiquiátricas têm direito a algum benefício do INSS?

O Brasil é considerado o país com a maior quantidade de pessoas depressivas na América Latina.

São vários problemas que podem ocasionar as doenças psiquiátricas, até mesmo o próprio ambiente de trabalho.

Então, os problemas causados no trabalho em razão do ambiente estressante, ou mesmo por causas externas, o trabalhador pode ter direito de se afastar.

Dessa forma, o auxílio-doença é liberado para as pessoas com incapacidade total e temporária para o trabalho.

Assim, mesmo não sendo uma incapacidade física, o trabalhador pode ter direito de receber o benefício.

Além do auxílio, também é possível conseguir a aposentadoria por invalidez em razão dessas doenças psiquiátricas.

Importante: o auxílio-doença e a aposentadoria por invalidez não são benefícios definitivos, em ambos é necessária a realização de exames, tratamentos e perícias no INSS.

Porém, é comum o INSS negar esses benefícios para pessoas com doenças psiquiátricas, por isso, pode ser necessário acionar a Justiça para conseguir o benefício.

Como requerer o benefício do INSS para quem sofre de ansiedade e outras doenças psiquiátricas?

O INSS é um tipo de seguro para o trabalhador, além de ser a Previdência Social destinada à aposentadoria.

Então, para ter direito aos benefícios, você precisa cumprir alguns requisitos, como:

  1. Ser segurado do INSS antes do surgimento da doença;
  2. Ter no mínimo 12 contribuições mensais – chamadas de carência;
  3. Estar incapacitado de maneira total e temporária para o trabalho.

Para empregados em empresas, é necessário estar afastado do trabalho por mais de 15 dias (corridos ou intercalados dentro do prazo de 60 dias pela mesma doença).

Portanto, após cumprir esses requisitos já é possível agendar a perícia para solicitar o auxílio-doença.

Mesmo que você tenha direito ao benefício e o pedido foi negado, não deixe de falar com um advogado da sua confiança para te ajudar a analisar de maneira correta.

Artigos relacionados

WhatsApp chat