Artigos

Como enviar atestado pelo Meu INSS mesmo sem senha?

Como enviar atestado pelo Meu INSS mesmo sem senha?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O sistema Meu INSS foi criado para facilitar a vida dos trabalhadores que precisam de algum benefício da Previdência Social.

Entretanto, o sistema tem apresentado vários erros e, assim, as pessoas não estão conseguindo solicitar os benefícios, acompanhar os pedidos ou acessar os demais serviços.

Também, temos recebido muitas reclamações de trabalhadores que, infelizmente, não conseguem enviar os documentos pelo Meu INSS.

Por isso, fizemos esse passo a passo para lhe ensinar a enviar o atestado mesmo sem a senha de acesso.

Se você tiver senha, acesse aqui e saiba como fazer o envio do atestado.

Antecipação do auxílio-doença

Em razão da crise pelo novo coronavírus, em abril de 2020, o governo aprovou uma lei autorizando o INSS a antecipar o auxílio-doença para os trabalhadores, no valor de um salário-mínimo (R$ 1.045,00 em 2020), por até 3 meses.

Nesse caso, o trabalhador que precisa desse auxílio, deve enviar o atestado médico pelo sistema Meu INSS.

Então, a análise inicial será feita apenas com a verificação dos documentos pessoais e do atestado.

Informações necessárias que devem ter no atestado

O INSS criou uma regra sobre as informações mínimas que devem ter nesses atestados:

  • estar legível e sem rasuras;
  • ter a assinatura do médico que emitiu e o carimbo de identificação, com registro do Conselho de Classe;
  • informações sobre a doença ou CID;
  • conter o prazo estimado de repouso necessário.

Assim, se estiver tudo certo, você receberá a antecipação de 1 salário-mínimo por mês e por até 3 meses.

Se precisar de mais tempo, você deverá solicitar a prorrogação e, possivelmente, passar pela perícia médica no INSS.

Como enviar atestado pelo Meu INSS mesmo sem senha?

Nesse período da pandemia pelo novo coronavírus, o atendimento presencial nas agências do INSS estão suspensos.

Por isso, mesmo se você não tiver senha, é possível enviar o atestado pelo sistema Meu INSS.

Será feita uma rápida análise e, então, se preencher os requisitos básicos, você receberá um adiantamento do benefício.

Passo a passo para você pedir o auxílio-doença do sistema Meu INSS (sem senha):

  1. Acesse o site meu.inss.gov.br;
  2. Na tela inicial, clique em Agendar Perícia
  1. Agora, você deve informar seus dados pessoais, marcar a caixa Não sou um robô e clicar em Continuar;

Obs.: se preencher algum dado incorreto ou incompleto, o sistema vai apresentar erro.

Ainda, sobrenomes de casados ou divorciados, talvez não foram atualizados no sistema, tente incluir ou excluir quando for digitar.

Porém, se você digitar certo e não conseguir, você deve ligar no 135 para verificar se os dados estão corretos e pedir a atualização.

  1. Clique em Perícia Inicial (ou, para estender o prazo do benefício, em Perícia de Prorrogação), depois em Selecionar;
  1. Agora, o sistema pergunta se você possui atestado médico, porque nesse período de pandemia pelo novo coronavírus, você já sabe que a análise será feita com base nesse atestado; clique em Sim e em Continuar;

Obs.: se você não tiver atestado médico, o sistema fará um agendamento presencial, isso pode atrasar muito, pois, o INSS deve prorrogar a reabertura das agências e quando retornar e fila de espera estará enorme.

  1. Na próxima tela, O sistema informará o seguinte: “Serviço referente ao contido na lei 13.982, de 4 de abril de 2020 …”; leia e clique em Avançar;
  2. Agora, você deve preencher seus dados para contato;
  3. Abaixo, terá os botões para anexar um documento de identificação com foto e o atestado médico;
Enviar o atestado no Meu INSS
  1. Para juntar os documentos, clique no + ao lado direito > Anexar > selecione o documento no computador ou celular e clique em ENVIAR (repita o processo com os outros documentos); depois, clique em Avançar;

Obs.: é possível enviar mais de um documento de identificação ou atestado médico. Recomendo que envie apenas o necessário.

Atenção: esse é o momento mais importante, anexe corretamente os documentos nos locais indicados e não deixe de enviar os documentos necessários para análise.

  1. Escolha uma agência do INSS, você pode buscar pelo seu CEP, por município ou permitindo que o Meu INSS use sua localização para encontrar o posto mais próximo; selecione a agência e clique em Avançar;
  1. Pelo seu município e bairro, procure o banco que deseja receber (recomendo que opte pelo mais próxima de você);
  1. Na próxima página, confira se todos os seus dados, a agência do INSS e o local de pagamento estão corretos; selecione a caixa ao lado de “Declaro que li e concordo com as informações acima” e, depois, clique em Avançar.

Pronto! Seu pedido foi enviado para o INSS e será analisado. Se quiser, você pode gerar um comprovante na última página.

O INSS informou que a análise dos atestados está levando cerca de 5 dias úteis. 

Para acompanhar o andamento, você pode ligar no 135 ou acessar o site meu.inss.gov.br, depois, clique em Acompanhar Pedido, informe seus dados pessoais e clique na lupa ao lado do pedido.

> Acompanhe nossa página no Facebook, publicamos informações relevantes sobre a Previdência e o INSS.

Artigos relacionados

WhatsApp chat