Artigos

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O trabalho da dona de casa parece que não tem fim!

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

Já expliquei aqui no blog que o INSS é parecido com um seguro. Assim, somente as pessoas que contribuem têm direito a algum benefício.

Dessa forma, para ter mais tranquilidade, a dona de casa precisa pagar a mensalidade para ter direito aos benefícios do INSS.

Outra possibilidade é o Benefício de Prestação Continuada, também chamado de BPC/LOAS, que é um benefício assistencial da Previdência Social.

Contudo, não recomendo que você conte com o BPC/LOAS, pois, ele é uma assistência para pessoas com bastante necessidade financeira.

Além disso, para ter o Benefício de Prestação Continuada, a pessoa precisa cumprir esses requisitos:

Para o idoso:

  • Ter mais de 65 anos de idade;

 Para a pessoa com deficiência:

  • Ter deficiência de qualquer natureza que, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas;

Nos dois casos, é necessária a comprovação de estado de pobreza ou necessidade.

Além disso, no BPC/LOAS não tem direito a outros auxílios e pensões.

Como a dona de casa pode pagar o INSS e ter direito aos benefícios?

É evidente que ela, ou ele, não tem uma renda fixa, mas pode ter alguma renda vendendo alguns produtos, por exemplo.

Outra possibilidade é a família fazer esse pagamento, nada mais justo, afinal, é a pessoa responsável por manter tudo em ordem na casa.

Vou comentar agora algumas regras sobre os pagamentos.

Essas regras valem para homens e mulheres, que são chamados de segurados facultativos pelo INSS.

Existem duas possibilidades:

  • família que tenha renda de até 2 salários-mínimos e esteja inscrita no CADúnico, a pessoa do lar pode contribuir com 5% do salário-mínimo;

Obs.: para fazer a inscrição no CADúnico, procure o CRAS da sua região e verifique os documentos necessários.

  • porém, se a família não se enquadra na condição acima, a pessoa pode contribuir com 11% do salário-mínimo.

Os pagamentos podem ser feitos até o dia 15 de cada mês, por meio da Guia da Previdência Social (GPS).

Realmente, entendo que muitas famílias não conseguem pagar esse valor, mas é importante que você entenda esse pagamento como um seguro ou investimento.

Portanto, faça o planejamento para começar a pagar esses valores, pois isso pode trazer benefícios no futuro.

>> Acompanhe nossa página no Facebook e no Instagram.

Artigos relacionados

WhatsApp chat